Loading...

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Douglas é o único lateral esquerdo de ofício na lista dos convocados da seleção brasileira sub-20

30 de Outubro de 2012 • 16h21 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto:Simone vilar

O jogador recebeu a notícia depois do treino na manhã desta terça-feira, na Academia Vip Fitness, no bairro da Tamarineira. O Náutico recebeu oficialmente o comunicado da CBF e confirmou a presença do jogador na lista do técnico Emerson Ávila. Douglas viaja para o Rio de Janeiro na próxima segunda-feira, dia cinco. Segundo o jovem talento alvirrubro, ele é o único lateral esquerdo de ofício na relação dos convocados. “Mudou muito em relação ao grupo que foi pra fase de testes na Granja Comary, pelo menos 30%,” revelou Douglas. A convocação desta vez visa dois amistosos contra Paraguai nos dias sete e nove de novembro em Carapegua, na Cuidad del Esteno, no Paraguai. O jogador retorna para o Recife no dia 10 e deve se juntar à delegação alvirrubra no último treino antes do jogo contra o Flamengo. É mais uma etapa de preparação para o Sulamericano em janeiro e fevereiro na Argentina. A expectativa de Douglas é fazer parte do grupo que vai representar o Brasil nesta competição. “Acho que essa convocação é sinal de continuidade, mas ninguém avisou que estou na relação definitiva. Espero aproveitar mais essa chance na carreira,” conclui.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Domingo é dia de lotar o caldeirão e empurrar o Timbu para a classificação

29 de Outubro de 2012 • 12h37 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Simone Vilar

Lugar de torcedor de verdade é no estádio de futebol, principalmente em partidas decisivas. Em caso de vitória no jogo de domingo, contra o Internacional, o Timbu garante a permanência na elite do futebol brasileiro e vai em busca de uma vaga na Sulamericana.

Por isso a sua presença é importante. Garanta o seu ingresso, compareça aos Aflitos e incentive os jogadores durante os 90 minutos, em busca da vitória.

Seja o camisa 12!

Os ingressos para o jogo entre Náutico x Internacional começam a ser vendidos a partir de quinta-feira (01.10), na sede do clube alvirrubro. As bilheterias funcionam das 9h às 20h, com as entradas no valor de R$ 50,00 (cinquenta reais/inteira) e R$ 25,00 (vinte e cinco/meia e estudante).

Na sexta-feira (02.10), o clube estará fechado devido ao dia de finados. Os ingressos voltam a ser comercializados apenas no dia seguinte (sábado), no horário das 09h às 17h. No domingo, dia do jogo, as bilheterias funcionam a partir das 09h.

Os ingresso para sócios e estudantes irão custar R$ 25,00 (vinte e cinco reais) . Arquibancada inteira R$ 50,00 (cinqüenta reais), cadeira para sócio R$ 60,00 (sessenta reais) e não-sócio R$ 100,00 (cem reais).

Para os visitantes , os bilhetes serão vendidos ao preço de R$ 25,00 (vinte e cinco reais) estudante e R$ 50,00 (cinqüenta reais) arquibancada inteira.

Os ingressos também podem ser adquiridos nos seguintes pontos de venda;

• Carol Esportes
Av. Dr. José Rufino – Areias
Rua Padre Carapuceiro – Boa Viagem

• Futebol do Brasil
AV. Domingos Ferreira – Boa Viagem
AV. Getúlio Vargas – Olinda

• TimbuShop
Shopping Recife – Boa Viagem
Shopping Tacaruna – Santo Amaro
Shopping Plaza – Casa Forte

• Farmácia Coelho
Rua 21 de Abril - Afogados

sábado, 27 de outubro de 2012

Concurso para criação do novo TIMBU

26 de Outubro de 2012 • 13h35 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar

Mais do que um simples mascote podemos afirmar que Ele é embaixador, símbolo da garra alvirrubra, querido pelas crianças. Surgiu numa batalha heróica em 1934, no jogo Náutico 3 x 1 América, no campo da Jaqueira, no Recife. Chovia muito e apesar do gramado encharcado, no intervalo do jogo, o técnico do Náutico optou em passar as instruções ali mesmo. Para atenuar o frio, um dirigente do clube levou até o gramado uma garrafa de cinzano para distribuir entre os jogadores. A iniciativa provocou gritos dos torcedores rivais: Timbu! Timbu! O rato grande, que na verdade é um marsupial da mesma família do canguru, como todos sabem, adora bebida alcoolica. E assim o Náutico incorporou o bicho à sua família alvirrubra.

O Timbu já se vestiu de jogador, teve várias caricaturas e pra perpetuar essa tradição vem ai o concurso para eleger o novo desenho do mascote. Podem participar da disputa designers, publicitários, ilustradores, chargistas, cartunista, arquitetos ou desenhistas auto-didatas. Os desenhos devem ser encaminhados ao email marketing@nautico-pe.com.br até o dia 30 de novembro. Vale lembrar que o desenho será adequado para facilitar a reprodução gráfica e ainda deve inspirar o Timbu Kids.

Uma comissão julgadora formada por um publicitário, um designer, um arquiteto, um chargista e o vice-presidente de Marketing do Náutico vai apreciar os trabalhos e definirá o vencedor. O resultado do concurso está previsto para o início de dezembro. Serão entregues em prêmio R$ 1.000,00 reais em dinheiro, mais R$ 1000,00 reais em produtos da loja TIMBUSHOP.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O trio de ferro está de volta

24 de Outubro de 2012 • 12h47 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Simone Vilar

Há quem diga que o meio-campo alvirrubro é considerado o setor mais forte do time neste campeonato. Martinez, Elicarlos e Souza são jogadores atuam na mesma posição, porém desempenham funções completamente diferentes em campo.

Martinez é considerado o cérebro do time. O homem que dá estabilidade à equipe pela boa qualidade de passe. Eli é incansável, o cão de guarda, responsável pela maioria dos desarmes. Souza, o homem responsável para fazer a transição para o setor ofensivo.

Três características distintas que se completam, segundo o próprio treinador Alexandre Gallo frisou. Agora, diante do Peixe, os três voltam a atuar juntos na cabeça-de-área, o que não acontecia a quatro jogos. Souza não enfrentou o Palmeiras por questões contratuais, Martinez esteve suspenso frente ao Coritiba e pela mesma razão Elicarlos não pegou a Lusa na última rodada.

“O entrosamento deu certo porque estamos jogando juntos desde o começo do campeonato. Isso facilita muito. Esperamos fazer um bom jogo contra o Santos e conseguir um resultado positivo. Temos um contra-ataque rápido com Araújo, Rhayner, Rogério e Kieza e vamos em busca dos três pontos”, disse Souza.

Em caso de triunfo sobre a equipe paulista, o Timbu garante a manutenção na Série A do próximo ano e de quebra vai tentar uma vaga inédita na Copa Sulamericana. O entrosamento da gente deu muito certo, desde o começo do campeonato estamos jogando juntos.

“Estamos felizes por estar nessa situação cômoda no campeonato e lutamos para isso, pois não queríamos estar na pele dos times que brigam para fugir do rebaixamento. Agora vamos em busca da vaga para a Sulamericana, que é nosso segundo objetivo neste Brasileiro”, finalizou Souza.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Jantar de adesão para pagar premiações

23 de Outubro de 2012 • 22h49 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

O Brasileiro chegou à sua reta final e para o Náutico o momento é de consolidação na série A do próximo ano. O momento requer esforços para honrar os compromissos financeiros com o grupo. Numa iniciativa de levantar recursos, a diretoria do Náutico organizou um jantar de adesão. A arrecadação vai ajudar no pagamento de bichos pela vitória da permanência na elite do futebol brasileiro. A campanha oferece ao torcedor um buffet premium no Spettus Derby, chopp, soft drink e scotch whisky. 

O momento de confraternização está programado para esta quinta-feira, a partir das sete e meia da noite e deve mobilizar torcedores e diretoria no horário do jogo contra o Santos, que pode decidir o destino do timbu. O ingresso para participar do jantar de adesão é R$ 200,00 e quem ainda deseja a nova camisa verde paga R$ 300,00. 

A campanha inclui ainda sorteio de passagem mais hospedagem para acompanhar o Náutico em uma das viagens que fará até o término da competição. Também serão sorteados brindes como coolers, canecas, despertador, porta lata e porta-retratos. “Pela boa campanha que estamos fazendo, o Náutico merece esse empenho de todos. O jantar de adesão é uma oportunidade de celebrarmos este momento do time, ao mesmo tempo que o torcedor pode participar ativamente desse projeto. A manutenção do Náutico na série A exige a colaboração de todos”, afirma Roberto Varela, vice-presidente de marketing do Clube Náutico Capibaribe.

Vôlei do Náutico conquista o tricampeonato Sul-americano invicto. Meninas do Master miram agora a olimpíada.

23 de Outubro de 2012 • 22h04 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

Master na categoria, na campanha, nos números e no desempenho individual. As “garotas” do timbu conquistaram este mês, em Santiago no Chile o tricampeonato da categoria máster, um feito maiúsculo se levarmos em conta a invencibilidade nas três últimas edições. O Náutico bateu na final o Saint Georges do Chile, por dois sets a zero, com parciais 25/12 e 25/20. 

Além do título, as alvirrubras receberam três premiações individuais. Daniela Valadares ganhou medalha como melhor jogadora e melhor atacante. A capitã Ana Teresa Mousinho foi eleita a melhor levantadora. O Náutico foi o único representante brasileiro no campeonato. “O nível técnico dessa edição foi melhor e exigiu mais da gente. Acho que por isso fizemos a nossa melhor apresentação em Sul-americano”, garante Daniela. 

Olimpíada Master na Itália

O maior desafio agora é conseguir patrocínio para a disputa da Olimpíada Master de clubes, a ser disputada em agosto de 2013 na Itália. Apesar de estarmos distantes dos jogos olímpicos, o Náutico corre para ter apoio e arcar com as despesas. As inscrições até o final de novembro custam em torno R$ 350 reais por cada atleta. Depois, esse valor sobe para R$ 500,00. O suporte financeiro ajudaria ainda nas passagens, na hospedagem e na alimentação. Por tudo o que o Náutico conquistou um incentivo financeiro seria bem vindo. 

O atual grupo joga junto há quatro anos, uma equipe madura e entrosada, vantagens que fazem do Náutico uma das forças do vôlei máster. O técnico Celso Assumpção comandou o time que disputou essa mesma olimpíada, em Sidney na Austrália, em 2009. Naquela oportunidade o Náutico chegou ao pódio, em terceiro lugar, mas para a próxima olimpíada, cuja meta é levar dois times de 40 + e 50 +, o timbu vislumbra ao menos uma medalha. 

A atacante Daniela Valares defende o Náutico há onze anos e curiosamente não disputou a olimpíada de Sidney porque só tinha 38 anos. “Eu queria chegar logo aos 40 pra poder disputar todas as competições da categoria. Agora chegou a minha vez,” revela a ponteira que sonha em disputar a olimpíada. Mas para isso, ela e o time precisam de recursos para a viagem. “A gente calcula uns dez mil reais de custo por atleta porque vamos na alta estação, quando a passagem é mais cara, sem falar em hotel e alimentação. Mas estamos empenhadas nisso e esperamos que empresas apoiem o nosso projeto”, conclui.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Abaixo da média

21 de Outubro de 2012 • 21h19 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

O técnico Alexandre Gallo analisou com cautela o empate do Náutico diante da Portuguesa, mas admitiu o rendimento da equipe abaixo da média nos Aflitos. Para o treinador, o timbu esbarrou numa tarde tecnicamente infeliz e num adversário competente na sua proposta de jogo. “Não tivemos bem tecnicamente, mas encaramos um adversário muito bom na marcação e eficiente nos contra ataques”, resumiu.

Na verdade, a Portuguesa de Geninho anulou a velocidade do Náutico e conseguiu atacar pelas pontas, principalmente com Ananias. O timbu pode até não ter feito uma boa partida, mas encontrou um adversário encardido, disposto a barrar o ímpeto alvirrubro nos Aflitos. O meio campo do Náutico pouco criou e na visão do treinador isso se explica muito pelo mérito da Portuguesa. “Foi um jogo muito parelho, com chances dos dois lados, típico de empate. Não gostei da nossa equipe tecnicamente, mas temos que reconhecer a força da Portuguesa. Apesar do resultado, confio nesse grupo e já demos provas da nossa capacidade. Estamos no caminho certo para chegar aos nossos objetivos”, conclui.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Notícias do amadorismo

17 de Outubro de 2012 • 18h01 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar

O Feminino Adulto de futsal do Náutico viajou para ASSU-RN onde irá disputar á XXI Taça Brasil de Clubes Adulto Feminino. O primeiro jogo acontece neste momento contra o Ujacs F.C. Rodobeck-BA.

O sub-17 Masculino também dispulta nesta quarta a final contra o Santa Cruz. Os garotos precisam da vitória para seguir com chances de título.

Náutico é absolvido em julgamento no STJD

17 de Outubro de 2012 • 20h30 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

O julgamento aconteceu esta noite no STJD no Rio de Janeiro e os auditores votaram pelo absolvição do Clube Náutico Capibaribe. A denúncia foi feita com base na faixa de torcedores que protestavam com a seguinte mensagem: "Não irão nos derrubar no apito". O relator e os auditores entenderam que não houve ofensa. Com isso, o clube está livre de qualquer punição.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

CT WILSON CAMPOS: segunda casa de Robélio Neves e referência para clubes do Brasil

16 de Outubro de 2012 • 23h00 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Fotos: Simone Vilar

Ele é pau pra toda obra. O gerente do Centro de Treinamento Robélio Neves começou no Náutico em 1978 aos 12 anos de idade. Chegou ao clube através do então lateral direito do timbu Clésio. O garoto logo despontou nas categorias de base. Robélio conquistou títulos no infantil, no juvenil, no infanto-juvenil (atual categoria de juniores). Mas o que marcou a carreira de jogador foi o bicampeonato em 1984 e 1985. No primeiro título de profissional era jogador de Ênio Andrade e em 1985 foi campeão com Mário Juliato. “Dois times maravilhosos que o Náutico teve”, lembra. 

Quis o destino fazer de Robélio um patrimônio alvirrubro e ele voltou ao clube em 2000 no início da construção do Centro de Treinamento Wilson Campos. O trabalho do ex-jogador consistia na formação da garotada das escolinhas de futebol, ao mesmo tempo em que treinou os meninos da base. O maior prazer de Robélio como “professor”, no entanto, estava na triagem de futuros atletas. “Eu sempre gostei de garimpar os peladeiros e lançar talentos dessas peneiras”.

O professor virou gerente. Atualmente, Robélio Neves gerencia o CT Wilson Campos, chega às seis e meia da manhã, quando o trânsito permite e só sai depois de encerradas as atividades. Gabinete, roupa formal, papel, nada disso faz parte das ferramentas de trabalho de Robélio. O negócio dele é meter a mão na massa. “Ah eu gosto de cortar a grama, de ajudar a rapaziada no vai e vem dos carrinhos de mão, levando material para a obra de ampliação”, comenta. 

O orgulho de Robélio fica explícito em comentários de pessoas de outros clubes que solicitam o CT Wilson Campos para a fase final de preparação no Recife. Segundo Robélio, 90% dos clubes que vêm ao Recife jogar contra o rival Sport fazem o último treino na “segunda casa” do gerente do CT. “Todo mundo elogia. Quando o Atlético-MG veio treinar aqui eu brinquei com Ronaldinho Gaúcho que ele passou a ser o recordista do CT por ter vindo com o Flamengo e com o Galo no mesmo campeonato. Ele respondeu que viria mais vezes, pois se sentiu bem demais e impressionado com o CT”, contou.

Wanderley Luxemburgo e o jogador do Flamengo Léo Moura também ficaram surpresos com as instalações alvirrubras. “Luxemburgo disse a mim que o Náutico com o CT iria se tornar um dos grandes clubes do Brasil. Léo Moura duvidou que fosse o mesmo centro de treinamento de anos atrás quando veio por aqui pela primeira vez”, comentou Robélio.

Obras em andamento

54 hectares de terreno abrigam o Centro de Treinamento Wilson Campos, na BR 101 Norte, na Guabiraba, zona norte do Recife. A boa localização e a modernidade das instalações já despertam o interesse de seleções que vão disputar a Copa das Confederações e também Copa do Mundo de 2014. Constantemente, pessoas ligadas a FIFA e a CBF realizam vistoria no CT. Cabe a Robélio acompanhar os visitantes ilustres. 

No momento, o CT recebe máquinas e operários para a terraplanagem da área onde vai ser plantada a grama da Arena. Com a chegada do caminhão com fertilizante, O plantio deve começar na próxima segunda-feira. Simultaneamente, acontece o trabalho de drenagem de mais dois campos profissionais. Estima-se que no próximo mês os operários caiam em campo para iniciar a construção do alojamento com 22 quartos duplos, piscina térmica, academia e sala de imprensa. Por enquanto, toda acomodação do departamento de futebol está restrita ao alojamento da divisão de base. Por sinal, falta pouco para ficar pronta uma piscina térmica, um equipamento de hidroterapia importante para o relaxamento após os jogos e principalmente na recuperação de atletas em tratamento. A meta do clube é entregar o CT com todas as obras concluídas no dia 07 de abril de 2013, data que marca o aniversário de 112 anos do Clube Náutico Capibaribe.

Escolinhas de futebol revelam jovens talentos

O CT Wilson Campos passou a ser um celeiro de novos talentos do futebol. Aqui, 430 meninos de sete a 17 anos de idade dão os primeiros passos em busca do sonho de ser jogador de futebol. Robélio Neves coordena todo esse trabalho, mantém a disciplina e exige zelo às instalações. As mensalidades da escolinha garantem 70% das despesas do Centro de Treinamento. “Aqui temos centro de apoio ao atleta, estamos concluindo o consultório odontológico para dar a melhor assistência a esses meninos”, revela Robélio.

A escolinha funciona nas segundas, terças, quartas e sábados, em dois turnos, manhã das 08h30 às 10h e à tarde, das 14h às 15h30. Sócio do Náutico paga mensalidade de R$ 50,00 e o não sócio R$ 60,00.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Kieza quer ratificar boa fase e acabar com estigma de não vencer fora de casa

15 de Outubro de 2012 • 00h01 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Simone Vilar

Dentro de casa o Timbu tem feito uma campanha acima da média. Em 15 jogos disputados, o time conquistou 11 vitórias, dois empates e duas derrotas. Herói na vitória sobre o Palmeiras por 1x0, o artilheiro Kieza sempre deixou sua marca nas vezes em que esteve em campo, nos Aflitos, neste Brasileiro. 

Longe do Recife, a única vez em que balançou as redes foi na derrota para a Portuguesa por 3x1, ainda no primeiro turno. O atacante espera melhorar o retrospecto fora de casa e terá oportunidade no jogo contra o Coritiba, quarta-feira (17), às 19h30, no Couto Pereira.

“É sempre complicado jogar contra o Coritiba, um clube de grande torcida. Mas espero que nessa quarta-feira a gente acabe com o estigma de não vencer fora de casa. Nos Aflitos me sinto muito bem porque tenho uma identificação enorme com a torcida e os jogadores contribuem bastante para eu sempre estar marcando. Fora de casa temos feito bons jogos, mas precisamos melhorar os resultados”, disse Kieza.

O atacante disse que está passar por um momento especial na sua vida, talvez o mais importante da carreira, desde quando se tornou artilheiro da Série B de 2011, com a camisa alvirrubra. O jogador ressaltou a boa campanha do time até o momento neste Brasileiro. 

“A gente faz uma campanha sem riscos, uma campanha maravilhosa, vencendo os jogos em casa e vamos procurar vencer fora para melhorar ainda mais. O ano passado foi maravilhoso, mas esse ano está sendo melhor ainda. Pude voltar, fazer gols e calamos a boca de muita gente que torceu contra a minha volta. Só tenho que agradecer o apoio de todos que confiaram em mim”, disse Kieza, que fez questão de elogiar o comandante alvirrubro.

“O Gallo é um cara que sempre conversar com a gente e procuramos nos adaptar a sua filosofia. Ele tem o comando da equipe e só tenho a agradecê-lo pelo momento especial que estou passando na carreira”, finalizou Kieza.

Alunos de robótica prestigiam ídolos alvirrubros

16 de Outubro de 2012 • 12h36 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Alexandre Wolkoff

Ontem pela manhã, alunos de robótica do colégio Santa Emília, do Cordeiro, estiveram presentes nos Aflitos para prestigiar dois ídolos do Náutico, Gideão e Kuki. Foi com estes nomes que os alunos, orientados pelos professores Paulo Pontes e Inaldo Gomes, batizaram os robôs que vão participar a Robocup Júnior Soccer, competição Latino-Americana que será realizada no período de 16 a 21 de outubro, na Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

João Victor e Yuri Chagas, do 8º e 7º ano respectivamente, estavam com os protótipos nas mãos e explicaram a funcionalidade dos objetos.

“Nós somos responsáveis pela construção dos robôs e eles são diferentes um do outro. São elaboradas estratégias de acordo com as características que cada um desempenha dentro do campo de jogo”, disse Yuri.

Hugo Serrano do 9º ano é um dos destaques da turma. Ano passado ele disputou o mundial realizado em Istambul, na Turquia, e chegou até as oitavas de finais da competição, vencendo a Finlândia na fase classificatória.

Os alunos viajam nesta terça-feira (16) à capital cearense, onde irão representar Pernambuco na competição Latino-Americana. Em 2014, o Brasil sediará a Copa do Mundo FIFA e a escolha contagiou o comitê organizador mundial de Robótica, que também definiu o Brasil como o país-sede na modalidade.