Loading...

domingo, 30 de setembro de 2012

Jogadores aprovam protesto da torcida e criticam atitude do árbitro

Torcedores do Náutico levaram faixa criticando arbitragem do Brasileirão e Leandro Vuaden só iniciou jogo após ela ser retirada da arquibancada

Por GLOBOESPORTE.COM - Recife
pe360graus.com.br

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-GO, os jogadores do Náutico saíram em defesa da torcida, que antes do início da partida estenderam uma faixa em protesto contra a arbitragem do Campeonato Brasileiro. Com a frase: “Não vão nos derrubar no apito”, o objeto irritou o árbitro Leandro Pedro Vuaden, que só iniciou a partida quando a polícia conseguiu convencer os alvirrubros encerrarem o protesto.

Contrariado com a atitude do árbitro, o volante Souza foi taxativo ao condenar a atitude que atrasou o início do jogo em 16 minutos.
Protesto da torcida do Náutico atrasa início da partida nos Aflitos 
(Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

- A torcida tem direito de protestar, sim. Não ofenderam ninguém. Se fosse assim, todas as vezes que eles xingarem os jogadores a partida também teria que parar. Nunca vi nenhum jogo parar por isso, mas temos que acatar, pois eles que mandam. Não podemos fazer nada.
saiba mais

Em noite de Kieza e protesto contra arbitragem, Náutico bate Atlético-GO

Quem também se manifestou contrário ao gesto de Vuaden, foi o volante Elicarlos. Para o jogador, o árbitro foi autoritário e não levou em consideração que a sua atitude poderia ter prejudicado o jogo.

- A torcida pagou o ingresso e fez uma festa muito bonita. Mas também tem direito de protestar. Ninguém pode tirar da torcida o direito de se manifestar. Não agrediram ninguém e não falaram nada. Se tivessem xingando os jogadores ele iria parar o jogo? Mas temos que aceitar.

A insatisfação da torcida e dos jogadores ganhou o respaldo do técnico Alexandre Gallo. Na avaliação do treinador, o árbitro feriu a liberdade de expressão.

- Não sei se existe alguma lei que proíba isso (protesto), mas creio que a torcida tem todo o direito de protestar. Vivemos em uma democracia e essa reclamação foi feita com fundamento. Passamos por muitas situações que nos prejudicaram e acho que a torcida tem que se manifestar. A democracia tem que ser respeitada em todos os lugares.

19 minutos de autoritarismo!

30 de Setembro de 2012 • 03h13 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

O árbitro Leandro Pedro Vuaden do Rio Grande do Sul roubou a cena para ser manchete por uma atitude intransigente, em relação a um protesto legítimo da torcida alvirrubra. A reação do homem do apito só endossou o que estava escrito na faixa. “Não irão nos derrubar no apito”, estampava a faixa preta em destaque na arquibancada frontal dos Aflitos. A repercussão do episódio deu voz a um princípio básico da democracia: a liberdade de expressão.

Mas não se enganem. O Senhor Vuaden deverá sim, carregar na súmula pra punir o Náutico. Ora, seria muita covardia. Alguém poderia dizer a ele o motivo de tanta indignação? E Precisa? Vamos Vuaden, a gente enumera pra você os erros capitais contra o Náutico. Os gols de Araújo contra Vasco nos Aflitos e Inernacional em Porto Alegre foram escandalosamente mal anulados, punindo a beleza do futebol. Os erros elementares no pênalti contra o Atlético-MG ainda no primeiro turno, que desestabilizou o Náutico e abriu caminho para uma goleada acachapante. Avisem para ele que também contra o Atlético-MG, só que nos Aflitos, o goleiro Vitor cometeu pênalti e por ser último homem deveria ser expulso. Ah, ainda teve um pênalti em Souza não marcado na frente de um dos árbitros adicionais. Para terminar o festival de apito injusto, o pênalti clamoroso em Kim, na partida diante do Fluminense no Rio de Janeiro e que arrancou protestos até de outros clubes interessados também nesse jogo.

A manifestação deste sábado partiu do povo, da massa vermelha e branca e nós, do Clube Náutico Capibaribe temos o orgulho dessa torcida, pois, não precisamos incentivar, convocar, agitar o torcedor para uma situação absurdamente escancarada contra o Náutico quando o assunto é arbitragem. Atrasar o início da partida Náutico x Atlético-GO por 19 minutos revelou a postura autoritária do árbitro e só reverberou ainda mais o grito dos indignados. O caldeirão dos Aflitos deu um exemplo de civilidade e cidadania. Censura aqui, só para o que é imoral no futebol brasileiro!

sábado, 29 de setembro de 2012

Protesto da torcida ALVIRRUBRA contra a arbitragem


Náutico lança camisa verde-água

Náutico abre mão do vermelho e branco e lança camisa verde-água
Padrão, que será o quarto uniforme do Timbu, será usado pela primeira vez diante do Atlético-GO neste sábado nos Aflitos, às 18h30m

Por GLOBOESPORTE.COM - Recife
pe360graus.com.br


Musa do Náutico no Brasileirão de camisa nova
(Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)


O Náutico lançou na noite desta sexta-feira seu quarto padrão. O clube abriu mão do tradicional vermelho e branco e apostou no verde-água. O novo uniforme ainda tem uma faixa branca na altura do peito, com uma listra vermelha na parte superior e outra na parte inferior. A camisa será usada pela primeira vez na partida do Timbu contra o lanterna Atlético-GO neste sábado, às 18h30m, nos Aflitos.

Para marcar o lançamento da nova camisa, o Náutico promoveu uma festa que contou com a participação de Ially Mazza, musa do Timbu no Brasileirão. Este ano, em maio, o clube já havia apresentado o terceiro padrão – camisa vermelha, com duas listras brancas que vão da gola até a base. Na ocasião, o uniforme foi usado pela primeira vez diante do Cruzeiro, jogo que terminou empatado por 0 a 0.

A cor do novo uniforme do Náutico remete ao Rio Capibaribe, um dos símbolos do Recife. Vale destacar que o alvirrubro pernambucano tem uma forte ligação com o rio por conta do remo - esporte que deu início ao clube.


Camisa do Náutico foi produzia pela Penalty (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Náutico quer servir de base para Itália na Copa das Confederações

Centro de treinamento do Timbu é oferecido à seleção italiana

Por Lula Moraes - Recife
pe360graus.com.br

No lugar de Kieza, Martinez e Gideão, o centro de treinamento do Náutico poderá comportar Balotelli, Pirlo e Buffon. Já buscando se planejar para a Copa das Confederações 2013, a Itália está à procura de lugares que possam servir de base para a delegação italiana em Pernambuco e o CT alvirrubro é um dos lugares que estão na lista dos vice-campeões europeus. A sondagem foi confirmada pelo gerente de futebol Timbu, Carlos Kila.

- Um representante de marketing esportivo pediu um portfólio do Náutico para apresentar aos italianos com todos os dados do CT. Pedi ao nosso departamento de comunicação para enviar um vídeo e um relatório para eles o mais rápido possível.
Centro de Treinamento do Náutico pode abrigar Itália (Foto: Elton de Castro/Globoesporte.com)

O centro de treinamento Wilson Campos tem 49 hectares e atualmente conta com quatro campos profissionais e um pequeno alojamento, com refeitório e quartos. A previsão é que no dia 7 de abril mais dois campos e um prédio com 50 leitos, além de academia e piscina térmica, sejam inaugurados. É com essa estrutura que o Náutico espera convencer os italianos.

- Seria de uma grande importância para o clube receber uma delegação desse porte, por conta da visibilidade que ganharemos com a Itália aqui. Até lá, teremos a estrutura necessária para eles.

Recife, se confirmada oficialmente pela Fifa em novembro, sediará dois jogos da primeira fase da Copa das Confederações. As duas partidas serão do grupo B, no qual um cabeça de chave europeu (Itália ou Espanha) jogará na Arena Pernambuco.

Novo uniforme

Para a próxima rodada, o time enfrentará o Atlético-GO com o novo uniforme que será apresentado na sexta-feira, no restaurante e clube Barrozo, no centro do Recife. O padrão será o quarto do clube e virá com cores diferentes do tradicional vermelho e branco. A ideia homenageará o remo e o Rio Capibaribe, que são parte histórica da formação do Clube Náutico.

Resultados da Copa Carpina Sub 16

26 de Setembro de 2012 • 18h54 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

Depois de três rodadas o Náutico assegurou vaga na próxima fase da competição. No segundo jogo da fase de classificação a meninada do timbu perdeu para o ABC-RN por 1 x 0. Nesta quarta-feira, os alvirrubros se reabilitaram em cima do Corínthians-AL com uma goleada de 7 x 0.

Nesta quinta-feira, no município de Lagoa do Carro, às 15h30, o Náutico enfrenta o Botafogo-RJ.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Opinião: coluna de Carlos Magno alerta clubes de Pernambuco em relação à arbitragem

24 de Setembro de 2012 • 15h38 - nautico-pe.com.br
Coluna de Carlos Magno

PERNAMBUCO VOCÊ É MEU

Apito desafinado

RIO ? Se aquela jogada, na área do Fluminense envolvendo o atacante Kim e o zagueiro Gum, acontecesse na área do Náutico, o pênalti seria marcado. Acho que ninguém tem dúvidas disso. Já tinha me referido ao assunto na coluna passada. Os árbitros, cada vez mais, estão tomando suas decisões no Brasileirão, segundo o peso das camisas. O Náutico que voltou a jogar bem fora de casa, foi garfado por um árbitro que nem deveria estar apitando jogos de cariocas.

Pablo dos Santos Alves foi vinculado à Federação do Rio até 2010 quando se transferiu para o Espírito Santo. E logo ganhou uma vaga para o quadro de aspirantes da Fifa sem demonstrar mérito para isso. O comentário que circula pelos corredores da CBF é de que ele é bem tratado pela comissão de arbitragem porque é filho de Paulo Jorge Alves ex-assistente e hoje ouvidor da arbitragem da entidade. Vamos ver se Pablo será punido como aconteceu com outros árbitros que desagradaram aos interesses de poderosos.

Recentemente, Rubens Corrêa, presidente da Federação do Rio, acusou Paulo Jorge Alves de beneficiar o filho em escalas e prejudicar o futebol carioca. Pelo que se viu, em Volta Redonda, isso é coisa do passado. Pablo dos Santos Alves também foi acusado pelo ex-árbitro Gutemberg de Paula de ser participante de esquemas para favorecer determinados clubes, principalmente na Série B. Houve ameaça de processo de um lado e de outro e o assunto acabou saindo das manchetes e arquivado na memória dos torcedores. É impossível deixar de recordar todo o passado do árbitro ,depois de suas decisões na partida no Raulino de Oliveira que prejudicaram o Náutico de forma ostensiva e, por tabela, todos os clubes que brigam com o Fluminense pelo título nacional. O tricolor das Laranjeiras ganhou três pontos e só deveria ter ganho só um por influência direta do árbitro.

E que ninguém se iluda. Daqui pra frente é fundamental que Náutico e Sport mantenham os olhos bem abertos para evitar maiores prejuízos. O que aconteceu em Volta Redonda, certamente vai se repetir em vários estádios. E isso não é integrar qualquer ?teoria da conspiração?. Se um clube de tradição precisar de ajuda da arbitragem para escapar de situações difíceis, essa ajuda vai acabar acontecendo.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Náutico promove festa para lançamento de padrão inédito

19 de Setembro de 2012 • 16h07 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

O clássico e o moderno entram em sintonia na Festa de Lançamento do quarto uniforme oficial do Náutico. O evento está cercado de mistério afinal, o novo padrão não terá cores vermelha e branca. A cor proposta chega antenada com a modernidade do marketing esportivo mundial, cujo objetivo é divulgar as marcas dos clubes para além das paixões clubísticas. A ideia sugere uma peça de coleção além de arrecadar mais receitas para o clube. Pela primeira vez na sua história, o Náutico lança o quarto padrão oficial. A iniciativa do Departamento de Marketing do clube remete a um tema atual e às origens do Náutico. A nova camisa exalta o remo e as águas do Rio Capibaribe, onde nasceu o glorioso Alvirrubro. A mensagem do novo padrão despertou a curiosidade de muita gente e para descobrir a novidade, nada melhor do que prestigiar a festa na sede do Clube Barroso, na Rua da Aurora, centro do Recife, ao lado da garagem de remo do Náutico, no próximo dia 28 de setembro. 

A festa começa às 20h e conta com o requinte do Buffet Premium de Ana Paula Góes. Para prestigiar o sócio alvirrubro, o clube reservou o primeiro lote de ingressos, ao preço promocional de R$ 200 reais, com direito à nova camisa. Os convites podem ser adquiridos na sede social do Náutico a partir dessa quinta. Só será permitida a venda de um ingresso por sócio. Os que não são sócios e que desejam ir à festa, o ingresso custa R$ 300 reais e edição limitada. Os interessados ainda podem levar um acompanhante, desde que seja mulher ou filho de até 18 anos pagando uma senha no valor de R$ 50 reais, sem direito a camisa.

O novo padrão será apresentado no desfile com a participação das duas musas do Náutico que concorrem ao Belas da Torcida do UOL e Musa do Brasileirão da Rede Globo. No desfile, a participação dos remadores Melk Pereira e Lucas Giló, medalhistas de ouro no Brasileiro Aberto de Juniores de Remo disputado no último final de semana em São Paulo, é emblemática por serem atletas do esporte que deu origem ao Clube Náutico Capibaribe. “É uma festa preparada por uma produtora de eventos e devemos ter casa cheia. O novo padrão merece uma festa desse porte porque, mesmo não tendo as cores vermelha e branca tem a ver com o Náutico e esperamos que a torcida goste. Por nunca termos lançado um quarto padrão existe uma expectativa grande e tenho convicção que terá boa repercussão”, declara Felipe Teixeira, assessor de marketing do Náutico.

O artilheiro está de volta

19 de Setembro de 2012 • 19h20 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Simone Vilar

O atacante Kieza está de volta após ficar as três últimas rodadas de fora, contra Botafogo, Grêmio e Atlético-MG, devido a um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda. O atleta se lesionou no clássico contra o Sport e jogou no sacrifício diante do Vasco. Mesmo assim, marcou o gol do Timbu no empate por 1x1 contra os cariocas. Agora o Timbu terá pela frente o Fluminense, líder do Brasileirão.

“Treinei e não senti nada. Mas fico um pouco receoso em chutar com a perna machucada. Espero que chegue logo o dia do jogo porque tudo o que mais quero é entrar em campo e ajudar minha equipe. Me sinto uma peça importante para o grupo. Por isso, no jogo contra o Vasco assumi a culpa por jogar e infelizmente voltei a sentir dores. Agora estou recuperado e espero fazer grande partida contra o Fluminense”, disse o artilheiro.

Os dias em que esteve no Departamento Médico não foram os mais felizes na vida do atacante. Kieza revelou ter ficado angustiado e entristecido com a situação. 

“A gente fica no DM triste por estar machucado. Os fisioterapeutas sofrem com a gente, por ficar de mau humor, mas temos que tratar bem para voltar 100%. Não adianta voltar meia-boca, porque o risco da agravar a lesão é maior”, disse.

O jogo deste sábado, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ, será marcado por um duelo especial. Por um lado Kieza, artilheiro alvirrubro, com sete gols na competição. Por outro, Fred, artilheiro do Brasileirão, com 11 gols marcados. Para o atacante alvirrubro, a artilharia não é um sonho distante, porém elogiou o concorrente e ex-companheiro de equipe, nos tempos de Fluminense.

“Com certeza dá para alcançar a artilharia e vou lutar por isso. Tive a oportunidade de jogar ao lado do Fred no Fluminense, grande homem, grande caráter, mas espero ajudar minha equipe diante do time dele”, disse Kieza.

Para contar com isso, o atacante poderá ter uma ajuda especial. Trata-se de Rogério, companheiro com quem formou a dupla de ataque da Série B, do ano passado. Os dois foram grandes responsáveis pela campanha do acesso alvirrubro. No sábado, diante do Flu, a expectativa é que os dois possam novamente jogar juntos.

“Espero que a gente possa voltar bem, é um grande menino e a gente torce muito por ele. Esperamos reviver os bons momentos do ano passado. Por outro lado, estou triste pelo Araújo, que não poderá jogar por causa de uma cláusula contratual. Isso atrapalha a todos, não só o jogador, como o entrosamento da equipe”, disse Kieza.

O grande segredo para o sucesso da dupla Kieza e Rogério é a grande amizade entre eles fora do campo.

“Procuramos sempre estar juntos. Rogério é um jogador rápido, que consegue driblar os adversários com certa facilidade e procuro sempre conversar com ele sobre situações de jogo”, revelou o atacante.

Além de Rogério, Kieza vai ganhar mais um companheiro de ataque. Reis foi oficializado hoje à tarde como novo reforço e poderá reeditar os bons momentos em que atuaram juntos na Ponte Preta-SP.

“O Reis é um grande jogador, tem uma presença física de área muito boa e também jogamos juntos na Ponte Preta, formando uma grande parceria. A torcida do Náutico pode esperar muito dele porque tem grande qualidade”, opinou.

Martinez - O volante Martinez não participou do treino de hoje à tarde, com os demais jogadores, mas no final das atividades, deu algumas voltas no campo de treinamento do CT. Segundo o médico do clube, Fábio Ribas, o jogador tem grande possibilidade de ficar à disposição do técnico Alexandre Gallo, para o jogo do sábado, após se tratar de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Nesta quinta-feira (20), o jogador faz uma iniciação na parte física pela manhã e à tarde treina normalmente com todo grupo. Se não sentir dor, o atleta deverá seguir viagem com o restando do elenco.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Náutico é Vice-Campeão Brasileiro no Remo

18 de Setembro de 2012 • 17h34 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Arquivo CNC

Nas finais do Campeonato Brasileiro Aberto de Juniores de Remo, disputado no último domingo (16.09), na raia olímpica da USP em São Paulo, Pernambuco conquistou duas medalhas de ouro, uma de prata e três de bronze, ficando com o vice-campeonato na categoria. Os pernambucanos participaram de 6 das 11 provas realizadas, subindo ao pódio em todas. 

As duas medalhas de ouro foram conquistadas pelo Clube Náutico Capibaribe, no Dois Sem Júnior A, com Melk Pereira (16 anos) e Lucas Giló (17 anos) e no Skiff Júnior B, com Gabriel Oliveira (15 anos), que ainda teve nessa prova dobradinha no pódio com o Sport, que obteve a prata, com Ítalo Miranda. O Sport levou ainda o bronze no Four Skiff Júnior A, com André Lucena, Douglas Oliveira, Kennedy Oliveira e Túlio Lucena.

O Náutico conquistou também o bronze no Skiff Júnior A, com Arthur Rosas. Já na prova mais esperada, com os dois clubes (Náutico e Sport) no mesmo barco, situação inédita no remo, no Oito Com. Devido à baixa umidade do ar em São Paulo, um atleta do Sport passou mal e não pode participar da prova. Heroicamente os outros sete remadores se superaram e quase conquistaram o segundo lugar, terminando a prova em terceiro, com a medalha de bronze.

Convocados para a Seleção Brasileira

Após conquistarem a medalha de ouro e se tornarem campeões brasileiros de 2012, no Dois Sem Júnior, os atletas Melk Pereira e Lucas Giló, foram convocados pela Confederação Brasileira de Remo. Os dois vão fazer parte da Seleção no Campeonato Sul-Americano, em Curauma no Chile, de 25 a 28 de outubro deste ano. Pela primeira vez na história do remo, dois atletas de um clube pernambucano são convocados para servir à Seleção, no Campeonato Sul-Americano, após a conquista de um Brasileiro.

Quatro atletas do Náutico integram a Seleção Brasileira de Hóquei Feminino

18 de Setembro de 2012 • 18h02 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Arquivo CNC

A equipe feminina de hóquei do Náutico é a atual Bicampeã Brasileira da categoria. O último título foi conquistado este ano em cima do arqui-rival Sport, na final, por 5x3. O bom desempenho rendeu a participação de quatro atletas alvirrubras para integrar a Seleção Brasileira no XI Campeonato Mundial, que será disputado no Recife, de 10 a 17 de novembro. Anny Silva, Érica Bueno, Ana Carolina Romero e Jessica Pereira, do Náutico, formam a base da Seleção Brasileira.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Estreia impiedosa

17 de Setembro de 2012 • 14h26 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

O Náutico aplicou uma sonora goleada no Jaguar, no Arruda, de 11 x 0, na estreia do Campeonato Pernambucano Sub 17. A goleada impiedosa foi a maior na categoria nos últimos 10 anos no Estadual da categoria. Seis jogadores do timbu deixaram sua marca:

Edson-3
Cal-3
Djon-2
Matheus-1
lucas Nery-1
Jeferson Nem-1

O próximo desafio da garotada é contra o Tiúma, em São Lourenço da Mata, no próximo sábado.

domingo, 16 de setembro de 2012

Futsal adulto faz mais uma vítima no pernambucano

14 de Setembro de 2012 • 12h45 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Arquivo CNC

A vítima desta vez foi a Associação Atlética Igarassu que foi derrotada pelo placar de 7x1. Com este resultado o Náutico reassumiu a 2ª colocação com 32 pontos. O destaque do jogo foi o fixo Celso que marcou 4 gols. O Náutico agora se prepara para enfrentar o Sport no dia 06 de outubro as 17h nos Aflitos. O jogo será transmitido pela Tribuna/Band neste sábado dia 15 as 10h30.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Náutico aposta na força dos Aflitos para ir longe na Copa do Brasil Sub-20

10 de Setembro de 2012 • 18h09 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto: Simone Vilar

32 equipes iniciam no dia nove de outubro a maratona de jogos da Copa do Brasil Sub-20. A primeira edição do campeonato nesta categoria credencia dois representantes do Brasil para a Taça Libertadores da América do próximo ano. Quem chegar à final garante vaga para a principal competição do continente. A CBF usou como critério para definir os times para a Copa do Brasil as vinte que disputaram a Série A do profissional no ano passado e as 12 melhores equipes da série B, totalizando 32 participantes do campeonato. O regulamento segue o mesmo critério eliminatório da competição principal, com gol na casa do adversário sendo decisivo para classificação. 

O Náutico vice-campeão da Série B do ano passado também é o atual campeão pernambucano da categoria sub-20. No mês passado, os alvirrubros superaram o rival Sport na final do estadual. Aliás, esta é a única competição de peso que a garotada disputou este ano. Uma realidade bem diferente vivida pelo adversário do timbu na estreia da Copa do Brasil, o Fluminense entra na disputa como um dos cinco melhores times do Brasil em futebol de base. Jogou este ano a Taça São Paulo e a Taça BH, além de ser o atual campeão carioca. O primeiro jogo do confronto acontece no dia nove de outubro, provavelmente nos Aflitos. É justamente no gramado, onde o Náutico faz valer a sua força nos jogos dentro de casa na Série A que, o técnico Sérgio China aposta suas fichas para superar o bom time do Fluminense. “Começamos nossa preparação no início do mês. Estamos buscando informações e vídeos com jogos do Fluminense para termos a noção exata das características do adversário”, pondera. 

Do grupo campeão pernambucano do Sub-20 apenas três jogadores não vão participar da Copa do Brasil. Esses jogadores foram emprestados para times que disputam a série A2 do pernambucano. O trabalho da base já rende frutos nos Aflitos. Douglas Santos é um exemplo disso. Ele já faz parte do elenco profissional e tem jogado bem na lateral esquerda do time comandado por Alexandre Gallo. O meio campista Marcos Vinícius e o volante Liniker estão em fase de transição e já realizaram trabalhos entre os profissionais. Para o técnico Sérgio China, a Copa do Brasil é uma competição de estratégia, onde primeiro os times evitam tomar gol dentro de casa e depois partem em busca do melhor resultado para administrar fora de casa. O treinador espera ir longe na competição, mas ainda não dá pra fazer prognósticos. “Por ser a primeira competição nessa dimensão a gente vai ter ainda noção do nosso nível. Nosso pensamento é chegar o mais longe possível. Mas já vamos pegar de cara a equipe que se encontra entre os cinco melhores times no futebol de base no Brasil. Mesmo assim, confio nos nossos atletas e também no fator campo, haja vista que o gramado dos Aflitos é sempre uma dificuldade a mais para os adversários”, finaliza.

Araujo e Dadá retornam para Recife

10 de Setembro de 2012 • 16h03 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Alexandre Wolkoff

O atacante Araújo e o meio-campo Dadá retornaram hoje à tarde para Recife. O técnico Alexandre Gallo explicou o motivo da volta dois atletas.

“O retorno do Dadá é uma opção técnica. Já a situação do Araújo é diferente. Em reunião entre o jogador e comissão técnica, ficou combinado, antes mesmo do jogo contra o Botafogo, esse “respiro” para ele, em função do acúmulo dos jogos quarta e domingo. O exame de CK tem se mostrado elevado e, por jogar quinta-feira à noite, em Porto Alegre, e no dia seguinte enfrentar sete horas de viagem de retorno para Recife, optou-se pela volta do atleta. O atacante concordou com a situação porque o intuito é que ele possa jogar em alto redimento no domingo, contra o Atlético-MG”, disse Gallo.

domingo, 9 de setembro de 2012

CBF divulga regulamento e tabela da primeira Copa do Brasil sub-20

Competição terá moldes do torneio profissional, mas com o campeão e vice garantindo vaga na Libertadores da categoria. Estádios ainda serão definidos

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

Copa do Brasil sub-20 terá equipes das Série A e B do Brasileirão 2011

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quinta-feira o regulamento e a tabela da primeira Copa do Brasil sub-20. A competição seguirá os mesmos moldes do torneio profissional, no sistema de eliminatória, e dará ao campeão e ao vice uma vaga na Taça Libertadores da América sub-20 do ano seguinte. Daqui a 26 dias, o jogo Ponte Preta x Vasco (na tabela abaixo indicado para o Rio de Janeiro, mas que deve acontecer em Campinas/SP) inaugura a disputa, que vai até 15 de dezembro. Ainda indefinidos, os estádios serão escolhidos até 17 de setembro.

Nas duas primeiras fases, as equipes melhores colocadas no ranking nacional de clubes da CBF fazem o jogo de volta em casa. A partir das quartas de finais, haverá sorteio para definir os mandantes. Até as oitavas, os visitantes poderão eliminar a necessidade da segunda partida caso vençam por dois ou mais de diferença. Gols marcados no campo adversário vale como critério de desempate, exceto quando dois times de mesma cidade se enfrentarem duas vezes no mesmo local. Os atletas poderão ser inscritos até 26 de novembro, último dia útil antes da terceira fase.

Confira as datas e os confrontos da primeira fase:


Vagas na Libertadores sub-20 regulamentadas

Com a criação da Copa do Brasil sub-20, o país cria pela primeira vez uma regra de classificação para a Taça Libertadores da América da categoria, criada em 2011 pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).Antes, o Brasil indicava seus representantes no torneio continental com base em campeonatos nacionais não organizados pela CBF, como a Copa São Paulo de Futebol Júnior e o Brasileiro da categoria.

Na primeira edição da Libertadores sub-20, o Flamengo, campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, foi o único representante nacional e chegou até às quartas de finais. Esse ano, o país teve dois participantes: o Corinthians (vencedor da Copa São Paulo de Futebol Júnior) e o América-MG (campeão brasileiro). Na ocasião, o time mineiro caiu nas quartas, enquanto a equipe paulista foi eliminada na semifinal.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Rogério é relacionado para voltar a defender o Náutico: 'Estou seguro'

Atacante não joga uma partida oficial desde fevereiro, quando sofreu uma contusão no Campeonato Pernambucano

Por Lula MoraesRecife
pe360graus.com.br

Depois de cinco meses e meio fora dos gramados, o atacante Rogério está a poucos dias de finalmente voltar a participar de um jogo oficial pelo Náutico. Relacionado para o confronto com o Botafogo, domingo, às 16h, no Engenhão, o jogador está na expectativa de disputar uma partida oficial após ter rompido o ligamento cruzado do joelho direito.

- Estou feliz e seguro, pois trabalhei todo esse tempo para voltar a jogar. Estou na expectativa, pois não é a toa que na semana passada foi o momento em que eu mais me chateei durante a recuperação. O técnico Alexandre Gallo já queria me relacionar, mas os médicos vetaram a minha participação e isso me deixou chateado, mas depois eu entendi.
Rogério vai voltar a jogar de visual novo (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com/PE)

Rogério sofreu uma contusão na partida contra o América-PE, em fevereiro, no início do Pernambucano, por conta de um carrinho do lateral alviverde Maneco. Saiu de campo chorando e iniciou uma longa caminhada para a recuperação.

- No primeiro mês, fiz a primeira cirurgia e quando consegui dobrar a perna, tive que realizar a segunda operação. Foi aí que pensei em parar, em desistir, porque foi muito difícil ter que passar por tudo de novo.

Assim como outros jogadores que passam por uma longa recuperação, Rogério se apegou a Deus.

- Comigo não tem essa história de religião. Me apeguei a Deus e fui para culto evangélico, missa católica, além de ter recebido a ajuda de amigos. Foi muito importante para o meu processo de recuperação.

Voltando em um momento de tranquilidade do Náutico na temporada, Rogério espera ter chances para buscar o seu espaço no time.

- Tava falando com Kuki que qualquer jogador que entra nesse elenco do Náutico joga bem por conta da qualidade do grupo. É bem melhor voltar numa situação em que as coisas estão andando.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Arbitragem nociva ao futebol

09 de Junho de 2012 • 00h15 - nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto Simone Vilar

O Campeonato Brasileiro já sofre com a injustiça da má distribuição de cotas da televisão. A discrepância é visível nos orçamentos dos clubes. O Náutico tem o menor de todos os clubes participantes. Pra montar um grupo equilibrado, a direção do clube elaborou uma verdadeira ginástica financeira e passou a contar com o melhor aproveitamento dos reforços. 

Antes do começo da competição, a imprensa e representantes dos clubes Brasil afora apontavam o Náutico como candidato certo ao rebaixamento. Com muito esforço e dedicação de todo o departamento de futebol, o timbu provou ser uma realidade completamente diferente daquilo que projetavam os “expert” da bola. Poderia estar melhor, se não fosse o excesso de erros da arbitragem do futebol brasileiro. 

Mudaram o comando da comissão de arbitragem, mas em campo os escândalos permanecem. Hoje, no Estádio dos Aflitos foi a gota d’água. O vice-presidente executivo e de futebol, Toninho Monteiro participou da coletiva e pediu aos cronistas um espaço para o protesto. Com razão! No jogo desta quarta-feira contra o Vasco, mais uma vez, o Náutico foi vítima do senhor do apito Leandro Vuaden (RS-Fifa) e de seus assistentes, Marcelo Barison (RS) e José Silveira (RS) . 

Dois lances capitais definiram o resultado da partida. O gol legal de Araújo, mal anulado pela arbitragem e o pênalti claro em Souza culminaram com indignação da direção do clube e revolta dos jogadores e comissão técnica. O protesto de Toninho foi legítimo. “Tem sido uma repetição os erros contra o Náutico. Hoje, o gol de Araújo e o pênalti de Souza foram dois erros decisivos que influenciaram no resultado da partida. Por isso faço um apelo à Comissão de Arbitragem para que olhem essa situação, pois, esse pessoal veio aqui e colocou o trabalho de uma semana por terra e prejudica o clube. Aprendi na vida que quem não chora não mama.”

Nas perguntas dos jornalistas, Toninho refrescou a memória. Já são erros crassos contra o Náutico. Quem lembra o jogo contra o Atlético Mineiro em Belo Horizonte, com um pênalti mal marcado e grosseiro contra o Náutico, um gol legítimo do timbu também naquela partida e a falta no lance que originou o primeiro gol do adversário? Quem lembra do outro gol legal de Araújo contra o Inter que poderia ser o da vitória timbu em Porto Alegre? Contra o Cruzeiro, no domingo, 28 faltas do adversário contra 16 do Náutico, mas no final os alvirrubros contabilizavam cinco amarelos e um vermelho, para dois amarelos apenas do time mais indisciplinado. Por essas e outras Toninho Monteiro foi enfático. “Conversei com o Presidente Paulo Wanderley e toda a comissão e vamos com a ajuda da Federação Pernambucana de Futebol mostrar um vídeo a Comissão de Arbitragem para mostrar que há discriminação com os times do Nordeste. Com tantos erros escandalosos eu tenho que protestar! Eu só posso crer que há má fé. Eu só posso imaginar que há uma perseguição. Os jogadores hoje desabafaram. Doutor, a gente trabalha a semana toda pra chegar em 90 minutos uns erros que prejudicam a gente, o clube e a imagem do campeonato. Não discriminem os clubes do Nordeste. Precisamos moralizar o Campeonato Brasileiro”.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Futsal Sub-13 conquista o Campeonato dos Correios no masculino

05 de Setembro de 2012 • 09h59 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Arquivo CNC

O Náutico atropelou os adversários no Campeonato dos Correios de Futsal Sub-13. Os garotos venceram todas as partidas que disputaram, com goleadas expressivas. O jogo mais difícil foi justamente o da final contra o CT Barão. O Timbu venceu por 2x1 e ficou com a taça.

Confira a campanha:

Primeira Fase:

Náutico 6x1 Tigre
Náutico 8x0 Capelle
Náutico 6x4 Fênix
Náutico 4x1 Santa Cruz

Semi-final:

Náutico 4x1 Sport

Final:

Náutico 2x1 CT Barão

Souza fala em reabilitação dentro de casa

04 de Setembro de 2012 • 19h06 - nautico-pe.com.br
Por Alexandre Wolkoff / Foto: Simone Vilar

Após o revés de 3x0 contra o Cruzeiro, o volante alvirrubro Souza acredita que chegou a hora de se reabilitar no campeonato. E o próximo adversário será o Vasco, que terá desfalques importantes no jogo de amanhã, contra o Timbu. O zagueiro Dedé e os meias Juninho e Felipe foram vetados pelo Departamento Médico.

“O Vasco tem uma excelente equipe, mas acredito que eles venham cautelosos, porque sabe da nossa força dentro dos Aflitos. Com as ausências de Juninho e Felipe, acho que eles perdem um pouco de qualidade na bola parada e o gramado pesado nos favorece. O apoio da nossa torcida também será primordial para conseguirmos a vitória”, disse Souza.

O jogo de amanhã contra os cruzmaltinos está sendo encarado de suma importância para o Timbu. Uma vitória devolve a credibilidade e pode recolocar a equipe entre os dez melhores classificados. Porque nas próximas quatro rodadas, o Timbu irá enfrentar as três melhores equipes até o momento no Campeonato. Botafogo (8º), Grêmio (3º), Atlético-MG (1º) e Fluminense (2º). 

“Vai ser uma sequência difícil, mas nosso grupo tem qualidade para superar esse momento. O Brasileiro é assim, são jogos difíceis e vamos fazer de tudo para vencer amanhã o Vasco e depois melhorar nosso desempenho nas duas partidas que teremos fora de casa”, falou o volante.

Ausências do juninho e do felipe. Os jogadores do vasco tem uma qualidade muito boa e independente de quem entrar vai dar trabalho. Claro que perdem um pouco em qualidade da bola parada.

E por falar em bola parada, Souza fala com propriedade. O jogador, exímio cobrador de faltas, não faz um gol desta forma há certo tempo. Mas disse que se aparecer uma oportunidade contra o Vasco amanhã, vai procurar caprichar.

“Com a sequência de jogos no meio e nos finais de semana, ficamos sem tempo para treinar. O período entre um jogo e outro é muito curto. No Pernambucano batia em média 15 a 20 faltas por treino. Agora só umas cinco. Se pintar uma oportunidade amanhã, vou procurar converter”, finalizou Souza.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Náutico contrata Dimba e Alan Santos para o ataque e meio-campo Jogadores integravam o time do Santos e agora irão disputar o Brasileirão pelo Timbu

fonte: www.pe360graus.com.br
Por Lula MoraesRecife

Novos reforços conversam com Gallo e já treinam (Foto: Lula Moraes / GloboEsporte.com)

Os pedidos do técnico Alexandre Gallo finalmente foram atendidos e o volante e o atacante que ele queria para compor o elenco foram contratados pelo Náutico. Trata-se do primeiro volante Alan Santos e do centroavante Dimba, ambos do Santos, que ficarão no Timbu por empréstimo até o final do ano.

- Dimba é um atacante de área, que chega aos Aflitos para concorrer com Kieza. Temos essa necessidade e há tempos queríamos trazê-lo. Já Alan é um jogador de contenção, com sete partidas pelo time principal e foi bem recomendado por Muricy Ramalho - disse o diretor de futebol do Náutico, Carlos Kila.

A dupla fez exames médicos na tarde desta segunda-feira e foi incorporada ao grupo alvirrubro, participando dos treinamentos nos Aflitos. São duas apostas do Náutico, já que Alan tem 20 anos e Dimba 19.

Além das novas contratações, os alvirrubros podem comemorar a recuperação do volante Elicarlos aos treinos. O jogador não enfrentou o Cruzeiro na rodada passada por conta de uma fadiga muscular e está pronto para jogar contra o Vasco, nesta quarta-feira, às 19h30m, nos Aflitos. Outra que volta ao time é o meia-atacante Rhayner, que cumpriu suspensão contra os mineiros.

A dúvida continua sobre a participação de Kieza no jogo contra o Vasco. O jogador continua sentindo dores na coxa esquerda e está em observação por causa de desgaste muscular.

sábado, 1 de setembro de 2012

Araújo muda de função com a ausência de Kieza

31 de Agosto de 2012 • 21h44 - www.nautico-pe.com.br
Por Simone Vilar / Foto Simone Vilar

Um dos artilheiros do Náutico no campeonato, Araújo tornou-se peça fundamental até mesmo para as variações táticas do time. Com seis gols na competição, o jogador tem jogado mais recuado quando Kieza está em campo. A função sobrecarrega Araujo, que mesmo assim, só pensa em ajudar. “Eu volto pra ajudar na marcação e quando a gente rouba bola tentar puxar o contra ataque. Lá na frente eu dou mais mobilidade, caindo pelos lados do campo”, explicou.

Diante do Cruzeiro, Araujo vai jogar mais na frente para que o time tenha mais poder de fogo no ataque. O jogador encara essa partida com certa preocupação, afinal com três desfalques o time pode sofrer com mudanças. “Eli, Kieza e Rhayner fazem falta, mas a gente tem um grupo forte e vamos lutar por um bom resultado aqui em Minas”.

A experiência de Araujo deve ser determinante para o confronto com um dos times mais indisciplinados do campeonato. Segundo dados da CBF, o Cruzeiro acumula o maior número de faltas e de cartões amarelos. O estilo “pegador” do futebol gaúcho predomina no time comandado por Celso Roth. Araujo espera marcação dura nesta partida e entende que o Náutico deve também dificultar as coisas para o time mineiro. “De fato é diferente o estilo do Cruzeiro, que na época (2006 e 2007) tinha um estilo cadenciado de jogar e com jogadores de alto nível técnico. Agora, o Celso Roth implantou uma filosofia de mais marcação. Vai ser complicado, mas vamos lutar”.